Quinta-feira, 23 de Abril de 2009

Desporto, Gestão e Desenvolvimento

 

Ora viva. Estamos de volta. Directo à Questão.
 
O Desporto tem, indiscutivelmente, um papel decisivo no desenvolvimento pessoal e social, no desenvolvimento de capacidades e de competências de vida e no desenvolvimento moral dos indivíduos.
Historicamente, a filosofia e os valores da Educação Física e do Desporto sempre sublinharam mais do que o mero domínio das habilidades desportivas e de desenvolvimento físico: falamos aqui de todo o conjunto de skills ou competências pessoais e sociais ligadas ao próprio sistema de valores e de crenças, à educação cívica e ética, à cultura nacional e organizacional, enfim, competências de vida em sociedade que extravasam amplamente os muros do Desporto e da actividade física.
Mais do que o aperfeiçoamento físico, a melhoria do bem-estar e da saúde e a adopção de estilos de vida saudáveis, o que já não seria pouco, a educação desportiva engloba ainda a educação social e a educação para a cidadania e os Direitos Humanos.
De entre os valores transmitidos pelo Desporto destacamos, naturalmente, o humanismo, a liberdade, a honestidade, a amizade, a paz, o espírito de superação, a disciplina, a convivência social, a cooperação, a tolerância, a fraternidade, a não discriminação, o respeito e a compreensão mútuas.
Do ponto de vista individual, a prática desportiva alicerça-se nos valores da auto-confiança, da auto-realização, do auto-conhecimento, da valorização do esforço, da perseverança, do auto-aperfeiçoamento e da harmonia pessoal.
Interessa-nos aqui enfatizar a dimensão de transferibilidade da Educação Desportiva, ou seja, o desejo de que todos estes valores se possam transferir para as demais esferas da vida humana.
O Desporto é, pois, um meio privilegiado de educação para a cidadania e de transmissão de valores e de atitudes - um palco social por excelência.
E, ao falarmos da aproximação das comunidades, da aceitação da diversidade, da promoção do respeito pelos direitos dos outros, do desenvolvimento do sentido de justiça, falamos ainda no decisivo papel do Desporto enquanto factor de inclusão social.
Assim, o Desporto deve ser encarado como um fenómeno social total, constituindo-se como um instrumento de desenvolvimento nacional e local, mas também e sobretudo, um instrumento de desenvolvimento social.
Deste modo, a chamada “Economia do Desporto” tem vindo a assumir uma importância crescente no quotidiano individual e social e a consolidar o seu espaço no contexto actual.
Enquadrado na denominada “indústria do lazer”, o Desporto é responsável por uma parcela significativa das despesas de consumo das populações, constituindo-se como uma verdadeira actividade económica, com impacto não apenas económico-financeiro, mas também social, ambiental e cultural.
Neste contexto, o Desporto passa necessariamente a englobar conceitos ligados à Gestão. É inegável a importância da gestão de equipamentos desportivos, da Gestão da Qualidade aplicada ao Desporto, do Marketing e da Gestão de Marcas Desportivas ou da Gestão Financeira e Contabilística dos projectos desportivos. Mas são particularmente de destacar aqui os aspectos ligados à Gestão das Pessoas, como a liderança, a motivação, o comprometimento, a cultura ou a coesão.
Hoje, mais do que nunca, apenas pessoas motivadas, mobilizadas para a mudança, líderes carismáticos, são capazes de gerir emoções e conduzir ao sucesso. Porque o Desporto é uma das mais sublimes formas de manifestação do ser humano enquanto pessoa, só uma verdadeira Gestão dos Afectos consegue ser eficiente numa área tão complexa como a prática desportiva.
 
Até para a semana. Directo à Questão.
publicado por Ricardo às 17:17
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A crise de Portugal vista...

. Como Joana Vasconcelos pu...

. Sobre o Impacto da Mexida...

. Sobre o Impacto da Mexida...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Os Cinco Anos Sobre a Abe...

. D. Pedro I – Entre a lend...

. A Criança com Epilepsia

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds