Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Sobre o Inovador Projecto do Jornal i

 

Ora viva. Estamos de volta. Directo à Questão.
 
O panorama jornalístico português tem uma nova publicação diária. O novo diário chama-se i e foi apresentado como um projecto marcado pela inovação e pela ruptura com os moldes convencionais de fazer jornalismo em Portugal.
Segundo o seu director, Martim Avillez Figueiredo, o projecto da Sojormedia/LENA representa um investimento global de 10,4 milhões de euros. O público-alvo – classes alta e média alta – passa a ter agora disponível nas bancas um jornal com um formato colado ao do espanhol "ABC", agrafado, com um papel mais pesado e com menos 35 a 40 por cento de páginas do que os outros jornais. Trata-se, sem dúvida, de um formato prático e funcional, que não esquece a loucura do dia-a-dia dos leitores.
A categorização dos temas também foge ao tradicional: Opiniões, Radar, Zoom e Mais são as secções do jornal. Martim Avillez Figueiredo descreveu a Radar como “a zona chave do projecto”, a secção onde o leitor fica a “saber o que se passa” e que remete para a Zoom, onde se podem perceber melhor os temas que o jornal escolhe para desenvolver. A Mais é a secção onde se tratam os temas ligados à cultura, ao desporto e ao entretenimento.
É este lado da escolha dos temas que mais surpreende o leitor. A publicação define mesmo como “target” que só tem aquilo que for essencial no dia. Só há textos sobre o que for considerado importante pela redacção do jornal.
O Jornal i não constitui uma amálgama de notícias do dia. O seu conteúdo é, antes, uma selecção apurada e atenta das notícias que realmente interessam. Não está lá tudo. Mas está lá o essencial.
Sem lixo jornalístico ou sensacionalismo barato. Valoriza particularmente a opinião, o ponto de vista. Aborda com rigor os temas que outros apenas afloram. Acrescenta o lado crítico ao quotidiano. A escolha dos temas abordados, apesar de sempre algo subjectiva, é reconhecidamente apurada e fundada em critérios jornalísticos sólidos.
Mas… E quando queremos saber mais? E quando procuramos aquela ou a outra notícia específica? Pois, o i não dispensa a leitura dos jornais diários de referência. Será talvez o seu maior defeito. Que é, sem dúvida alguma, a sua maior virtude.
De resto, pouco mais a acrescentar sobre o novo projecto. A nível da apregoada inovação, não escondo alguma desilusão. Não chega dar nomes bonitos às secções. O preço parece demasiado elevado quando fazemos uma análise comparativa de mercado. As ideias e as notícias não são assim tanto de ruptura quanto isso. E o jornalismo, apesar de reconhecida a sua qualidade, não se destaca particularmente a nenhum nível.
A qualidade está lá. A inovação, em doses moderadas, também. Prometo voltar a comprar. Mas confesso alguma relutância ao conceito. Resta desejar o maior sucesso ao arrojado projecto, que surge num momento conturbado de entrada em qualquer mercado - quanto mais no mercado jornalístico!
 
Até para a semana. Directo à Questão.
 
publicado por Ricardo às 15:43
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A crise de Portugal vista...

. Como Joana Vasconcelos pu...

. Sobre o Impacto da Mexida...

. Sobre o Impacto da Mexida...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Os Cinco Anos Sobre a Abe...

. D. Pedro I – Entre a lend...

. A Criança com Epilepsia

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds