Segunda-feira, 8 de Março de 2010

Aniversário da Revista Time

 

Ora viva. Estamos de volta. Directo à Questão.
 
            Esta é a edição número 100 deste nosso habitual espaço de reflexão. Durante estes quase dois anos de encontros semanais, tentámos trazer à antena da Rádio Condestável os mais variados temas da actualidade. Sobretudo assuntos que nos fazem pensar e reflectir sobre o passado, sobre o presente, sobre o futuro da nossa sociedade. Temas mais ou menos fracturantes, sempre com a preocupação de poder despertar o interesse de quem sintoniza semanalmente. Temas que nos conduzem Directo à Questão. Obrigado pela sua preferência.
            Hoje assinalamos ainda outra efeméride. Em 3 de Março de 1923, a revista Time era publicada pela primeira vez. Aquela que é hoje reconhecida como uma das mais influentes revistas semanais de notícias do mundo, foi publicada pela primeira vez nos Estados Unidos da América faz hoje 87 anos.
Entretanto também uma edição europeia (a Time Europe, antes conhecida por Time Atlantic) foi lançada. Publicada a partir de Londres, cobre o Oriente Médio, a África e, desde 2003, também a América Latina. Além disso, uma edição asiática (Time Asia) é editada de Hong Kong, e ainda uma edição canadiana (Time Canada) é editada de Toronto. Segundo muitos observadores da imprensa mundial, a Time é hoje a revista semanal de maior circulação no planeta.
Como já referimos, a primeira edição da Time foi publicada nos Estados Unidos em Março de 1923, com Joseph G. Cannon, da Câmara dos Deputados Americana na capa. Estava criado o conceito de revista semanal de notícias, conceito que viria a revolucionar a imprensa à escala mundial.
Os seus co-fundadores, Briton Hadden e Henry Luce, ambos já tinham trabalhado juntos antes na Universidade de Yale, na Yale Daily News, uma revista feita pelos alunos da Universidade. Com a morte de Hadden em 1929, Luce tornou-se o principal rosto na Time e um ícone da imprensa do século XX. Hadden era o mais solto dos dois, concebendo a Time como algo importante mas também divertido. Este facto influenciou o estilo da revista nos primeiros tempos, não sério o suficiente para notícias sérias e com uma extensa cobertura das novidades das celebridades da indústria de entretenimento e da cultura popular. Já em 1989 e com um cariz mais sério, a Time tornou-se parte da Time Warner, quando a Warner Communications e a Time, Inc. se fundiram.
Um dos mais conhecidos ícones da revista é sua nomeação de Pessoa do Ano, realizada há mais de 80 anos, na qual a Time reconhece o indivíduo ou grupo de indivíduos que tiveram o maior impacto nas notícias do ano. Apesar do título, quem o recebe não é necessariamente humano. No passado, até mesmo ideias e máquinas tiveram a honra. Por exemplo, em 1982, o computador pessoal foi considerado pela Time o Homem do Ano.
Escolha frequentemente polémica, é uma das imagens de marca da publicação. Em 1938, o escolhido foi Adolf Hitler. E em 1939 e 1942, foi Josef Stalin quem recebeu o galardão.
A partir de 1999, o título foi alterado de Homem do Ano para Pessoa do Ano, para evitar a sugestão sexista. Os últimos a receberem o título de Homem do Ano, em 1998, foram o presidente Bill Clinton e o promotor Kenneth Starr, que o perseguiu no famoso escândalo devido ao caso extraconjugal do presidente com Monica Lewinsky.
Albert Einstein foi a pessoa do século na última edição da Time de 1999. Sem surpresa, em 2008, a Pessoa do Ano foi Barack Obama. Na última edição, em 2009, a personalidade destacada foi Ben Bernanke, Presidente da Reserva Federal Americana.
 
Até para a semana. Directo à Questão.
 
publicado por Ricardo às 11:21
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A crise de Portugal vista...

. Como Joana Vasconcelos pu...

. Sobre o Impacto da Mexida...

. Sobre o Impacto da Mexida...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Algumas Reflexões Sobre o...

. Os Cinco Anos Sobre a Abe...

. D. Pedro I – Entre a lend...

. A Criança com Epilepsia

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds